topocolunavip

Publicidade

Dia 19 de agosto é celebrado o Dia Nacional do Ciclista desde 2018, data em que foi sancionada a Lei que homenageia o biólogo Pedro Davison, que morreu atropelado em 2006, em Brasília, aos 25 anos de idade. A data foi instituída também como forma de promover a educação e paz no trânsito, e incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte por todo o País.

O esporte lembrado nesta segunda, 19, é destacado pelos especialistas por oferecer, dentre os principais benefícios, para o corpo e para a mente por fortalecer a musculatura, auxiliar na saúde do coração, reduzir o estresse, melhorar a respiração e ajudar no equilíbrio.

Segundo dados da Fundação Municipal do Esporte e Lazer (Fundesportes), atualmente o ciclismo é um dos esportes que mais cresce no Brasil e em Palmas, atraindo ciclistas em diversas modalidades e estilos, incluindo atletas profissionais e amadores. As modalidades mais conhecidas são Ciclismo de Estrada, Mountain Bike que se divide em 4 estilos, e Bicicross divididos nos estilos corridas e manobras.

Mesmo sendo um esporte de alta performance, o ciclismo cresce mundialmente devido sua versatilidade, já que essa atividade é indicada para todo tipo de pessoa que tenha condições físicas e motoras para pedalar.

O presidente interino da Fundesportes, Marcelo Walace, ressalta que deixar o sedentarismo de lado pode ser um desafio para quem não está acostumado a se exercitar, no entanto, a partir do momento em que o corpo se acostuma com a atividade física, ela se torna um prazer e uma necessidade.

“Com o ciclismo não é diferente e os benefícios desse esporte vão muito além da perda de peso e do ganho de condicionamento físico, já que o exercício também auxilia em diversos fatores que mantém o corpo saudável, como por exemplo, redução dos índices de colesterol, melhora da respiração e da saúde do coração, entre outros”, disse, concluindo que o ciclista deve estar paramentado, ou seja, com capacete, sapatilha, protetor de joelho e cotovelo, roupas apropriadas e luzes de segurança, além de obedecer às regras.

APCC

Em Palmas, recentemente a Prefeitura Municipal entregou aos atletas a Área de Proteção ao Ciclismo de Competição Pedro Caldas (APCC).

O local funciona todas as terças e quintas-feiras, das 5h às 8h, atendendo a uma reivindicação antiga das federações de ciclismo que pediam um local de treinamento para alto rendimento.

Dia do Ciclista

Segundo o Portal do Senado Federal, a data entrou no calendário oficial do país em 2018 e sua aprovação teve por objetivo estimular o uso da bicicleta, a cidadania e a mobilidade sustentável e plural, além de criar novas oportunidades para promover a educação para a paz no trânsito.

Deni Rocha

Foto Aline Batista

Publicado em Destaques

Amantes do ciclismo de competição já podem comemorar. É que nessa terça feira, 18, Palmas passa a contar com uma Área de Proteção ao Ciclismo de Competição Pedro Caldas, que funcionará todas as terças e quintas-feiras, das 5 às 8 horas, e durante os primeiros 30 dias de funcionamento os agentes de Trânsito e Transporte da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu) vão realizar um trabalho de sensibilização e educação na segurança dos usuários desta via.

A área foi definida após vários estudos realizados ao longo dos meses pelo corpo técnico da Sesmu, e foi regulamentada via Decreto de nº 1.673, publicado no Diário Oficial do Município, que a denominou Pedro Caldas (APCC Pedro Caldas).  A APCC tem um trecho de aproximadamente 1.400m e  abrange a Avenida LO - 03, entre as quadras ACSO 11 e Arso 21, no sentido Oeste/Leste e a Avenida NS - 03 entre a Avenida Juscelino Kubitscheck e a Avenida LO - 03, sentido Norte/Sul, que há poucos dias recebeu recapeamento e sinalização horizontal. O local já havia recebido da sinalizada vertical, com placas para dar maior visibilidade e segurança aos usuários da área.

Para a secretária de Segurança e Mobilidade Urbana, Welere Barbosa, a Área de Proteção ao Ciclismo, além de estimular a prática esportiva, pretende também suprir uma demanda existente em Palmas e contribuir para o fim do conflito entre ciclistas e veículos, sendo um estímulo à conscientização. “A criação da Área é sinônimo de civilidade e vem atender tanto aos ciclistas quanto às pessoas que praticam outros exercícios físicos”, concluiu.

Wédila Jacome

Foto Lucas Estevão

Publicado em Destaques

A Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu), a Fundação Municipal de Esporte (Fundesportes) e a Federação Tocantinense de Ciclismo fazem nesta quinta-feira, 04, um teste-treino para possível implantação de uma área de treino para os ciclistas praticarem treinamento de alto rendimento.

Publicado em Ivonete Eich
Publicidade

Colunistas

Acesso Restrito

Contato

© Todos os direitos reservados. Ivonete Eich / Coluna VIP Tocantins | 2013-2017.

Desenvolvido por OceanoAzul 100x27