topocolunavip

Publicidade
Talita Brunes

Talita Brunes

Fisioterapeuta formada pelo CEULP-ULBRA PALMAS, com Especialidades em Acupuntura, Ortopedia e Traumatologia, Fisioterapia esportiva, Terapia Manual e Treinamento Funcional.  Empresária do Espaço Talita Brunes - Reabilitando Vencedores localizado na Clínica Ortopédica do Tocantins - COT.  Com diversas formações na área da Fisioterapia como Dor, Reeducação Postural Funcional,  Pilates, kinesio Taping e Dinamic Taping, Dry needling, avaliação de marcha e corrida, Fisioterapia em Esportes de Luta. Fisioterapeuta do Palmas Futebol e Regatas estando entre as 10 mulheres do Brasil que trabalha com Futebol Masculino.
 

 

Depois de um dia movimentado com a chegada dos atletas, o primeiro dia oficial dos Jogos Escolares da Juventude começou movimentado, com a estreia, nesta quinta-feira, 12, das quatro modalidades da competição: futsal, vôlei, basquete e handebol, masculino e feminino em duas faixas etárias, de 12 a 14 e 15 a 17 anos.

Logo cedo foi dada a largada e 25 partidas abriram a competição em diversos pontos da cidade. Na Escola de Tempo Integral (ETI) Almirante Tamandaré os times femininos de futsal do estado do Amapá (AP) e do Distrito Federal (DF) deram início aos jogos que garantem vaga na grande final que acontece em Blumenau (SC), em novembro.

Na ETI Padre Josimo Morais Tavares os times de handebol feminino de Roraima (RR) e Pará (PA) iniciaram as partidas seguidos das equipes de Rondônia (RO) e Mato Grosso (MT). Nas quadras do Colégio Marista foi a vez das meninas do vôlei do Distrito Federal e do Amapá pegarem na bola e lutar pelo título.

O técnico da equipe de futsal feminino do Amapá, Fabrício Lima, disse que depois de ter ganhado as fases municipais e estaduais chegam com toda força para lutar pelo título regional e chegar forte no Sul do país, na etapa nacional, e ser campeão. “É uma satisfação estar participando aqui em Palmas, uma situação nova paras as meninas que vivem essa experiência pela primeira vez, por isso esperamos sair com o melhor resultado daqui”, disse parabenizando o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) pela organização do evento. “Gostaria ainda de parabenizar a prefeitura da cidade que está dispondo os ambientes dos jogos com uma qualidade absurda. Essas escolas municipais são bem melhores que as outras do Brasil”.

O técnico da equipe de futsal feminino do Pará, Jhones Oliveira, aguardava para entrar em quadra com sua equipe contra as meninas do estado do Amazonas, também falou sobre as expectativas da equipe e da qualidade das estruturas escolares da Capital. “Nossa equipe vem fazendo um trabalho forte, espero que todas as meninas entrem bem física e psicologicamente”, disse, ressaltando a qualidade da escola que recebe as meninas. “O meu estado é grande, mas não possui estrutura como esta, que supera todas as escolas públicas e muitas particulares”, finalizou.

A atleta do Amazonas Camila Dutra, 16 anos, disse que foram longas horas de viagem e chega com vontade de vencer, e para isso toda a equipe está focada. “Foram 18 horas de viagem, mas estamos focadas e confiantes que vamos alcançar a vitória”.

O gerente de Esportes de Base do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e coordenador Geral dos Jogos Escolares da Juventude, André Mattos, declarou que o objetivo do COB é levar cada vez mais os jogos para lugares diferentes. “Nossa expectativa está sendo super atendida, com a Prefeitura absorvendo as questões que são locais, com as estruturas funcionando bem, tudo no horário. Estamos muito satisfeitos”.
Deni Rocha
Foto Edu Fortes

Dia 19 de agosto é celebrado o Dia Nacional do Ciclista desde 2018, data em que foi sancionada a Lei que homenageia o biólogo Pedro Davison, que morreu atropelado em 2006, em Brasília, aos 25 anos de idade. A data foi instituída também como forma de promover a educação e paz no trânsito, e incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte por todo o País.

O esporte lembrado nesta segunda, 19, é destacado pelos especialistas por oferecer, dentre os principais benefícios, para o corpo e para a mente por fortalecer a musculatura, auxiliar na saúde do coração, reduzir o estresse, melhorar a respiração e ajudar no equilíbrio.

Segundo dados da Fundação Municipal do Esporte e Lazer (Fundesportes), atualmente o ciclismo é um dos esportes que mais cresce no Brasil e em Palmas, atraindo ciclistas em diversas modalidades e estilos, incluindo atletas profissionais e amadores. As modalidades mais conhecidas são Ciclismo de Estrada, Mountain Bike que se divide em 4 estilos, e Bicicross divididos nos estilos corridas e manobras.

Mesmo sendo um esporte de alta performance, o ciclismo cresce mundialmente devido sua versatilidade, já que essa atividade é indicada para todo tipo de pessoa que tenha condições físicas e motoras para pedalar.

O presidente interino da Fundesportes, Marcelo Walace, ressalta que deixar o sedentarismo de lado pode ser um desafio para quem não está acostumado a se exercitar, no entanto, a partir do momento em que o corpo se acostuma com a atividade física, ela se torna um prazer e uma necessidade.

“Com o ciclismo não é diferente e os benefícios desse esporte vão muito além da perda de peso e do ganho de condicionamento físico, já que o exercício também auxilia em diversos fatores que mantém o corpo saudável, como por exemplo, redução dos índices de colesterol, melhora da respiração e da saúde do coração, entre outros”, disse, concluindo que o ciclista deve estar paramentado, ou seja, com capacete, sapatilha, protetor de joelho e cotovelo, roupas apropriadas e luzes de segurança, além de obedecer às regras.

APCC

Em Palmas, recentemente a Prefeitura Municipal entregou aos atletas a Área de Proteção ao Ciclismo de Competição Pedro Caldas (APCC).

O local funciona todas as terças e quintas-feiras, das 5h às 8h, atendendo a uma reivindicação antiga das federações de ciclismo que pediam um local de treinamento para alto rendimento.

Dia do Ciclista

Segundo o Portal do Senado Federal, a data entrou no calendário oficial do país em 2018 e sua aprovação teve por objetivo estimular o uso da bicicleta, a cidadania e a mobilidade sustentável e plural, além de criar novas oportunidades para promover a educação para a paz no trânsito.

Deni Rocha

Foto Aline Batista

Equipe feminina de canoagem de Palmas participa, pela primeira vez, de Campeonato Brasileiro de Canoagem em Brasília, de 30 de agosto a 1º de setembro, com três atletas da Escola de Tempo Integral Almirante Tamadaré, com parceria da Prefeitura de Palmas e a Marinha do Brasil.

A equipe é formada pelas alunas Jennyffer Rayelle, 14 anos, Geovana Letícia, 13 anos e Bruna Souza 12 anos, que participam nas categorias Cadete, Menor e Infantil, respectivamente, todas sob a orientação técnica do professor Raul Tamayo.

Página 1 de 3
Publicidade

Colunistas

Acesso Restrito

Contato

© Todos os direitos reservados. Ivonete Eich / Coluna VIP Tocantins | 2013-2017.

Desenvolvido por OceanoAzul 100x27